Capital de giro: O que é?

23/06/2020

Capital de giro: Definição

Antes de mais nada, podemos dizer que capital de giro são os recursos que a clínica odontológica ou consultório precisam ter em caixa para necessidades operacionais. Essas necessidades podem ser definidas como: investimentos e contas de curto e médio prazo.

Dilemas a serem enfrentados pelo gestor

Ativos circulantes: Eles devem ter uma liquidez compatível com prazos de vencimento das dívidas. Consecutivamente, as de curto prazo devem ter atenção redobrada.

Liquidez e rentabilidade: Os ativos circulantes constituem um investimento necessário para sustentar os atendimentos do consultório. Como seu retorno direto é menos do que dos investimentos em ativos fixos, isso significa que, ao se preocupar com a liquidez, os ativos circulantes podem perder rentabilidade. Por isso é necessário prestar atenção na tabela de valores e custos mensais.

Administração dos ativos: A administração dos ativos circulantes e, principalmente, das disponibilidades e dos estoques deve proporcionar certo equilíbrio entre os seus saldos. Um estoque enxuto e eficiente é a meta para não desperdiçar capital.

Gestão eficiente do Capital de giro

Para uma boa gestão, não apenas no ambiente odontológico, é necessário entender todo o ciclo de operações do negócio, ou seja, seu ciclo de caixa. Ele se constitui pelo tempo necessário para que uma aplicação de dinheiro (capital) em insumos, circule e gere retorno através da venda (retorno em dinheiro pelo serviço prestado para um paciente).

Cada consultório ou clínica odontológica tem o seu próprio ciclo, bem como sazonalidades. Portanto, é necessário um acompanhamento diário. Podemos dizer que não há uma fórmula pronta no mercado. Uma administração inadequada resulta, normalmente, em graves problemas financeiros. Esses podem gerar até mesmo a falência do negócio. Por isso, fique atento.

Equilíbrio é a palavra-chave

Utilizando a estratégia de equilíbrio e sincronização, o negócio deverá imprimir maior rotação a seu capital de giro. Em outras palavras, seus recursos devem ser transformados rapidamente em caixa. Para isso prefira vendas à vista e cuide a antecipação de cartões, pois as taxas podem consumir uma boa parte de seu lucro!

0 capital é representado pelo recurso básico do consultório ou clínica odontológica. Existem dois tipos de capital:

Capital próprio: que pertencem aos proprietários ou acionistas da empresa.

Capital de terceiros: que são as exigibilidades da empresa tais como empréstimos, debentures e ações preferenciais.

Em resumo, o capital fixo é formado de ativos correntes, sendo eles: dinheiro em caixa ou em bancos; bens, direitos e valores a receber no prazo máximo de um ano, ou seja, realizável a curto prazo, (duplicatas e estoques).

0 capital de giro de uma empresa é formado pelos valores em Caixa, em Estoques e em Contas a Receber.

Fórmula de Controle

Como aplicar? Para responder essa pergunta, precisamos aprender sobre o conceito de capital de giro líquido (CGL).

A diferença é que o capital de giro se restringe àquilo que está relacionado com a operação da empresa. Assim, é excluído, por exemplo o saldo disponível (ativo) e empréstimos (passivos), que entram na conta do capital de giro líquido e capital circulante líquido (CCL). Assim, o CGL corresponde ao valor necessário para que o empreendedor honre todos os seus compromissos financeiros no curto prazo.

Fórmula do Capital de Giro

Essa é uma conta que precisa ser incluída na rotina do negócio. Para saber mais sobre o assunto veja em: Conta Azul. É comum que o capital de giro corresponda a até 60% do total de ativos. Se identificar a falta de recursos, revise possíveis cortes nas despesas, tente reduzir a inadimplência, renegocie dívidas e talvez recorra a empréstimos, comprometendo futuros ganhos com os juros cobrados pelos bancos.

O CGL resulta da subtração dos valores relativos ao ativo circulante pelos valores do passivo circulante, sendo representado pela seguinte fórmula:

CGL = AC – PC.

São exemplos de ativos circulantes:

  • Dinheiro em caixa
  • Dinheiro em bancos
  • Aplicações financeiras
  • Duplicatas
  • Contas a receber
  • Mercadorias e bens em estoque.

São exemplos de passivos circulantes:

  • Fornecedores
  • Contas a pagar
  • Folha de pagamento
  • Encargos sociais
  • Impostos
  • Empréstimos
  • Dívidas com vencimento em um ano.

Ao conhecer o seu capital de giro líquido, o gestor pode avaliar de forma mais assertiva seu planejamento estratégico. Assim, terá bons elementos para definir sua política de preços, compras e prazos de recebimento, por exemplo. A busca deve ser sempre pelo equilíbrio entre risco e rentabilidade.

Confira como preparar o balanço patrimonial: Clique Aqui.

AGENDE AGORA MESMO A SUA AVALIAÇÃO

Nome
Telefone
Unidade
Tratamento
Data Desejada
Turno Desejado

Ao clicar em "AGENDAR AVALIAÇÃO" eu concordo com os Termo de uso da política de privacidade da Dental Arte.

Seus dados estão seguros conosco.