5 coisas que você precisa saber sobre mercado de franquias

24/07/2019

Apesar do momento mais difícil para negócios que o país enfrenta há anos, o mercado de franquias é uma das áreas que se mantém em constante crescimento. Segundo pesquisa da Associação Brasileira de Franchising, em 2018 houve aumento de 7,1% no faturamento do setor em relação ao ano anterior, um número bastante significativo.

Quer saber tudo sobre o mercado de franquias? Portanto, é só continuar a leitura e conferir o material que preparamos para você!

1. Como iniciar uma franquia?

Os empreendedores veem na franquia um modo mais simples de dar início a um negócio, com lucros mais rápidos. O franqueado, ao  escolher uma para se associar, precisa pagar uma taxa inicial para uso da marca.

O sistema de franquia consiste em copiar um modelo de empresa que já deu certo. Portanto, o franqueado precisa se adequar aos procedimentos da empresa franqueadora, inclusive na hora de construir o espaço.

2. Como escolher a melhor franquia?

É preciso avaliar os custos e a reputação da empresa. Em geral, as franquias que já têm bastante sucesso no mercado cobram valores mais altos, enquanto aquelas com menor credibilidade junto aos clientes são mais baratas, por exemplo.

No entanto, é possível encontrar empresas que aliam um bom nome e um preço razoável; por exemplo, aquelas que ainda são novas no mercado, mas já são bem avaliadas, tanto pelo público quanto pelos empresários já franqueados.

3. Quais os tipos de franquia?

Existem cinco principais tipos de franquia.

Franquia individual

É o modelo mais comum. Nela, cada franqueado tem seu próprio contrato. Além disso, a franquia é em local específico, não podendo dividir espaço com outra marca ou estabelecimento.

Franquia combinada

Ao contrário da franquia individual, a loja contém diferentes marcas no mesmo espaço, mas todas pertencem ao mesmo franqueador.

Franquia shop in shop

Nesse modelo, o empresário acrescenta uma unidade da franquia em um estabelecimento que já existe. Por exemplo, quando um supermercado conta com uma mini franquia de comida congelada.

Microfranquia

Trata-se de um modelo de investimento mais baixo. Geralmente, nesse caso, o empreendedor trabalha em home office, com a venda de produtos ou serviços, sem a existência de um ponto comercial.

Franquia de conversão

É similar à franquia individual, mas trata-se de um estabelecimento que já existia, aderindo ao regime de franchising.

4. Qual é a lucratividade de uma franquia?

Em geral, a lucratividade fica entre 7% e 20% do faturamento total. Os demais valores são gastos em taxa de royalties e no pagamento dos funcionários e da manutenção do espaço (aluguel, conta de energia etc.).

Esse valor depende do modelo de cobrança de royalties adotado pela franquia (valor fixo ou porcentagem sobre o faturamento). Essa porcentagem é uma lucratividade alta, porém de nada adianta se o faturamento total por baixo.

5. Quais os melhores ramos para investir no mercado de franquias?

Um dos segmentos que mais tem crescido no mercado de franquias é o de serviços odontológicos; as redes franqueadas são a melhor opção para quem não tem plano de saúde e, no entanto, busca um atendimento de qualidade.

Em suma, um dos motivos do crescimento desse mercado é que, além de procedimentos relacionados à saúde, também estão em alta as intervenções estéticas. Ao contrário do que se pode pensar, portanto, não é preciso ser dentista para abrir uma empresa na área.

Agora que você já sabe tudo sobre franquias, que tal conferir o nosso post sobre qual a melhor opção de franquia para investir em 2019?

AGENDE AGORA MESMO A SUA AVALIAÇÃO

Nome
Telefone
Unidade
Tratamento
Data Desejada
Turno Desejado