Passo a passo para escolher uma franquia

19/06/2019

Muitas pessoas têm o desejo de investir no próprio negócio. E não é pra menos, o empreendedorismo é uma grande oportunidade, ainda mais em redes de franquias, que oferecem boas chances para a realização desse sonho. Mas como encontrar uma franquia adequada às necessidades e expectativas? Talvez esse seja um dos maiores desafios de todo processo.

Afinal, é uma decisão importante, já que a escolha é pelo negócio que vai fazer parte da rotina e exigir bastante tempo e determinação. Para facilitar esse processo, separamos algumas dicas sobre como escolher a franquia ideal. Veja:

  • Defina os seus objetivos

A primeira pergunta a se fazer é: o que espero desse novo negócio? É provável que a resposta seja uma empresa duradoura, lucrativa e prazerosa. Isso é ótimo, porque esse negócio será o seu “ganha pão” e é importante que você goste dele.

Portanto, o ponto mais importante para escolher uma franquia é encontrar um ramo no qual você consiga se imaginar trabalhando por muito tempo. Em resumo, a maior motivação é a identificação com o tipo de negócio.

  • Entenda como é o funcionamento do negócio

Além da identificação com o negócio, é importante saber como ele funciona. Se não tem muita experiência no ramo, mas tem certeza de que é o que quer, pesquise, estude e se aprimore. Se cerque de ferramentas que possam ajudar a gerir a nova empresa de maneira eficaz, mesmo sem muita experiência.

Estude a viabilidade do negócio

A existência de um plano de negócio bem estruturado é fundamental para o sucesso de uma franquia. Esse documento demonstra a viabilidade do negócio, as principais características e os pontos fortes e fracos. É como um mapa, que guiará as decisões da empresa.

O plano de negócio vai possibilitar cálculos de custos, necessidade de contratação de funcionários, reformas, estrutura etc. Além disso, dá para fazer uma projeção dos resultados em curto, médio e longo prazo. É uma segurança para começar o próprio negócio.

Por se tratar de uma rede de franquias, o plano de negócios é padronizado. A partir do que já está estruturado, é possível estudar alternativas que se apliquem à sua realidade, de forma justa.

  • Avalie a sua identificação com a marca

Identificação, que palavra importante quando o assunto é franquias! Nunca é demais repeti-la, já que faz parte da escolha do seu ambiente de trabalho, da nova profissão, em uma posição nova: a de gestor. Então, além da identificação com o segmento do negócio, é necessário identificação com a marca.

Mesmo que nunca tenha consumido os serviços ou produtos da empresa, é necessário conhece-la a fundo, para se identificar com seus valores e pilares. Por isso, uma boa pesquisa é fundamental na hora de eliminar algumas opções e chegar à melhor das alternativas.

  • Analise o mercado que deseja integrar

Infelizmente, nem todas as áreas podem ser lucrativas em longo prazo. Por conta disso, uma análise minuciosa de mercado é indispensável na hora da escolha da franquia. Para isso, você pode pedir ajuda para consultores, fazer suas próprias pesquisas, ou ter conversas francas com o franqueador.

Faça projeções sobre o segmento específico para os próximos anos e tenha certeza de apostar em algo que vai durar bastante. Alguns tipos de franquias, no entanto, fazem parte do dia a dia da população, como é o caso das clínicas odontológicas. Essa é uma opção segura, já que saúde bucal é super importante.

  • Confira criteriosamente a proposta do franqueador

Para um negócio ser bem-sucedido, é necessário motivação de todos os envolvidos. Portanto, um ponto importante é perceber se o franqueador está tão empolgado como você e tem propostas atrativas para lhe oferecer. Bons franqueadores incentivam os franqueados a crescer e desenvolver o negócio positivamente.

Uma das principais ferramentas para isso é a oferta de treinamentos e acompanhamentos das rotinas da sua empresa. Isso demonstra interesse do franqueador pelo crescimento daquela unidade. É claro que você precisa retribuir esse incentivo. A melhor forma para isso é absorver todo conhecimento transmitido e tocar a franquia com eficiência.

  • Faça uma análise financeira

Não se jogue em um negócio que não tenha um bom planejamento financeiro. Afinal, o controle das finanças é responsabilidade das duas partes e será a sua empresa. Se o franqueador demonstra segurança ao apresentar dados da marca, é um bom sinal. Fora isso, você também precisa ter o seu próprio dinheiro bem controlado, para manter a sua saúde financeira.

Converse com outros franqueados

A experiência de outras pessoas é um ótimo exemplo de como é uma realidade com a qual não se tem contato. Conversar com franqueados ajuda a entrar em sintonia com a marca antes mesmo de assinar toda a papelada. Escute a opinião de outros franqueados, suas histórias, saiba sobre erros e acertos. Fica bem mais fácil decidir baseado em fatos do que em expectativas e promessas.

Avalie o histórico da franquia

O histórico da marca é uma das principais características que definem o sucesso. Isto é, o nome de uma franquia deve falar por si só. No entanto, fama não é sinônimo de boa reputação. O que deve ser levado em consideração é o histórico geral da marca, tempo de estabelecimento, confiabilidade do público e opinião das pessoas.

O que está esperando para começar o seu planejamento? Aventure-se nesse promissor investimento, que tem tudo para ser um sucesso e render muitos lucros à vida pessoal e profissional.

AGENDE AGORA MESMO A SUA AVALIAÇÃO

Nome
Telefone
Unidade
Tratamento
Data Desejada
Turno Desejado