Extração do siso: Como é realizado o procedimento?

21/04/2020

A extração do siso é um procedimento odontológico para retirada dos dentes terceiros molares, conhecidos também como dentes do siso ou dentes do juízo. O procedimento pode ser feito quando os dentes nasceram ou, até mesmo, para os que não irão sair da gengiva. Esses são chamados de sisos inclusos. 

Em quais casos a Extração de Siso é indicada?

A extração do siso deve ser feita apenas quando esses dentes não nasceram adequadamente na boca ou há falta de espaço. Certamente, também pode ser solicitada pelo ortodontista para o uso de aparelho dentário.

Entretanto, caso o dente esteja presente na boca e não comprometa a arcada dentária, ele funciona como os demais dentes do fundo, na fase final da mastigação, e não precisa ser retirado. A indicação de extração do siso se relaciona a:

Incapacidade de higiene adequada dos dentes do siso por falta de acesso com a escova

Pressão ou empurramento nos dentes vizinhos que gere riscos de traumas e/ou perdas do alinhamento dos dentes

Alterações na normalidade da mordida e da fala motivadas pela presença dos sisos

Dentes inclusos: que não conseguem “nascer” pela falta de espaço ou má posição dentro dos maxilares

Sisos tomados por infecção recorrente, como cárie ou doença periodontal de tratamento complicado

Sisos em contato com a raiz dos segundos molares, podendo gerar dor e necessidade de tratamento de canal no futuro

Caso os sisos estejam gerando dor em outras partes da face, como mandíbula e ouvidos, já tendo sido investigadas outras possíveis causas para as dores.

Como é feita extração do siso?

É aplicada uma anestesia local próxima ao dente que será retirado. Após a área estar adormecida, é feita uma incisão na pele da gengiva, que é deslocada, para que o cirurgião possa ver o dente a ser retirado. Caso os dentes ainda não tenham nascido, é feita a remoção do osso que recobre o dente e depois a remoção do dente. Por fim, o cirurgião retira os restos de osso e pedaços de dente que possam ainda estar dentro da cavidade, e completa com uma sutura.

Em alguns casos, o dente pode ser quebrado e retirado em partes, em outros será retirado inteiramente. Tudo depende da posição do dente e condições do paciente. A extração de um dente é considerada uma cirurgia de pequeno porte. Em outras palavras ela requer alguns cuidados especiais após a sua realização.

Indicações pós procedimento:

Você deve repousar por, pelo menos, um dia. Isso significa ficar sentado ou deitado, sempre com a cabeça mais alta do que o resto do corpo. Se ficar deitado, use dois travesseiros embaixo da cabeça.

 Evite falar e mexer o maxilar sem motivo.

Espere algum tempo para comer – não só para não mover o maxilar, mas também porque a higienização oral no período inicial é delicada.

No dia da extração do dente, evite alimentos quentes e sólidos. Opte pelos líquidos e pastosos, sempre frios e com pouco açúcar. Por exemplo, cremes, gelatinas, sorvete, iogurte, caldos, sucos, etc.

Tenha atenção ao limpar a área da extração. Nas primeiras 24 horas, não toque na região da cicatriz, nem bocheche. Nos dias seguintes, com muito cuidado, higienize a região da cirurgia usando o fio dental e uma escova de dente macia.

Antes de mais nada, tenha atenção, não pressione as cerdas contra a área onde houve a extração de dente. Apenas passe a escova suavemente pela região, assim evitando desconforto. Não use muita pasta de dente, evitando espuma.

Concluindo, depois de escovar, você pode usar um cotonete embebido em um enxaguante bucal para passar suavemente sobre a região da cicatriz. Prefira os enxaguantes que não contenham álcool.

AGENDE AGORA MESMO A SUA AVALIAÇÃO

    Nome
    Telefone
    Unidade
    Tratamento
    Data Desejada
    Turno Desejado

    Ao clicar em "AGENDAR AVALIAÇÃO" eu concordo com os Termo de uso da política de privacidade da Dental Arte.

    Seus dados estão seguros conosco.