Fio dental: qual o tipo certo para você?

Quando se fala em higiene bucal, a primeira coisa que vem à cabeça é escovar os dentes. É claro que esse cuidado é essencial para evitar problemas nos dentes e na gengiva, mas é preciso muito mais. O fio dental, por exemplo, deve ser usado todos os dias para completar a limpeza. A função dele é alcançar lugares onde a escova não consegue chegar.

Parece difícil lembrar do fio dental todos os dias, mas é só uma questão de tornar o uso dele um hábito. No entanto, existem diferentes tipos e cada um é indicado para um tipo de situação. E agora, como escolher o ideal para o seu caso? Isso vai depender de fatores como, habilidade, espaço entre os dentes e o conselho do dentista. O profissional pode, inclusive, ensinar a melhor técnica para usar o fio dental.

Existe o convencional, a fita dental e o floss. Esse último é um tipo de fio dental utilizado em espaços maiores, como é o caso dos pacientes que usam prótese. A fita é mais larga e normalmente vem com uma cera que facilita o deslize entre os dentes, tornando a tarefa mais fácil. Para quem usa aparelho, um acessório pode ser aliado na hora de usar o fio dental. É o passa fio, que facilita a entrada do fio no espaço entre os dentes e o fio do aparelho.

 

Entenda a importância do fio dental

Não há dúvidas de que escovar os dentes é importante para a sua saúde bucal, mas essa limpeza não atinge todas as áreas nas quais podem acumular restos de alimentos. É por isso que o fio dental é indispensável após cada refeição. Ele remove os resíduos entre os dentes, eliminando bactérias que se alimentam de restos de alimentos. Pode parecer um trabalho simples, mas é indispensável para a saúde dos dentes e da gengiva. Se não for possível usar o fio dental depois das refeições, é fundamental que uma limpeza profunda seja feita antes de dormir, diariamente.

AGENDE AGORA MESMO A SUA AVALIAÇÃO

Nome
Telefone
Unidade
Tratamento
Data Desejada
Turno Desejado