Implante unitário: recupere seu sorriso com qualidade!

Passar pela perda dentária não é nada fácil. Seja por doença bucal, trauma ou acidente, a autoestima fica prejudicada e sua saúde também. Os demais dentes podem ficar sobrecarregados, pode haver reabsorção óssea, entre outros problemas. Além disso, claro, a sua confiança para sorrir pode ser abalada. Assim, para evitar tudo isso, você já pensou em investir no implante unitário? Ele pode ser a solução para o seu caso!

Como é feito o implante unitário?

Indicado na ausência de um único dente, o implante unitário é a melhor opção para esses casos. A intervenção é feita somente na região da perda dentária, sem afetar o restante dos dentes. Portanto, para saber se essa é a opção mais indicada, recomenda-se, em primeiro lugar, a avaliação com um especialista. Porém, saiba um pouco mais sobre a cirurgia do implante unitário para já estar preparado:

Caso não haja reabsorção óssea (caso em que pode ser solicitado o enxerto ósseo), o paciente pode seguir com o procedimento. Após o implante ser instalado, há o período conhecido como osseointegração, onde o corpo se adapta à peça. Depois, o dentista vai para a parte da confecção do seu novo dente, que será fixado no implante! Legal, né?

Perdi mais de um dente. O implante unitário também pode ser uma opção?

Se a pessoa tiver perdido poucos dentes não sequenciais, esse é o método mais indicado. Portanto, avalie com seu dentista e veja mais sobre essa excelente opção!

Quais cuidados devo ter após a cirurgia?

O sucesso do seu implante unitário está nos cuidados que você toma, antes e depois da cirurgia. Assim, é fundamental ir ao dentista imediatamente após a perda, uma vez que deixar o espaço vazio por muito tempo, pode tornar a colocação do implante mais complicada. Como falamos anteriormente, a reabsorção óssea é um grande problema.

Para entendê-la melhor, é preciso saber como funciona o processo de formação da gengiva e do osso. Ele ocorre a partir da irrupção dos dentes e atinge sua altura máxima no final da dentição. Assim, quando o dente cai, os ossos de sustentação perdem sua função e, com o tempo, são reabsorvidos pelo organismo. Portanto, quando o paciente vai instalar o implante, nota que não há estrutura óssea suficiente para suportá-lo, por isso, necessita do enxerto.

Após a cirurgia, o paciente precisa tomar cuidados com a alimentação, hábitos de vida e, principalmente, evitar fumar.

Confira com a Dra. Laura Pasqualotto os demais cuidados que você precisa ter após seu implante:

Quer agendar sua avaliação conosco? Clique aqui!

Siga-nos no Facebook e Instagram.

 

AGENDE AGORA MESMO A SUA AVALIAÇÃO

Nome
Telefone
Unidade
Tratamento
Data Desejada
Turno Desejado