Mitos e verdades sobre implantes dentários

17/10/2018

TUDO SOBRE IMPLANTES DENTÁRIOS

A falta de um ou mais dentes interfere diretamente no funcionamento do organismo. Isso porque cada elemento tem uma função específica. Assim, é comum que pessoas com falta parcial ou total na arcada dentária apresentem problemas como gastrite e úlceras, porque os alimentos não chegam devidamente triturados no estômago.

Além disso, a ausência dos dentes prejudica o convívio social, pois a falta de elementos dentários prejudica a aparência do paciente. Atualmente, um sorriso bonito é imprescindível para se destacar nos âmbitos pessoal e profissional. A melhor opção para resolver o problema da falta de dentes é o implante dentário. Veja as dúvidas mais frequentes dos pacientes sobre esse procedimento e descubra o que é mito e o que é verdade:

1 – O que é um implante dentário?

Implante dentário é um procedimento cirúrgico, que consiste na colocação de prótese fixa por meio de pinos de titânio fixados no osso mandibular ou maxilar, no lugar das raízes dos dentes.

2 – Como saber qual o melhor tipo de implante?

Quem vai dizer isso é o dentista, após uma cuidadosa avaliação. Ele vai indicar o melhor tratamento, conforme a quantidade óssea, número de dentes faltantes e outros fatores.

3 – O procedimento causa dor?

Não. Os implantes são colocados mediante anestesia, que pode ser local ou geral. Cada caso é analisado cuidadosamente para que a melhor opção seja escolhida.

4 – Quanto tempo dura o procedimento?

Em geral, a cirurgia para colocação dos implantes demora aproximadamente uma hora, mas pode variar conforme cada caso.

5 – Para quais casos são indicados os implantes dentários? Existe contraindicação?

Os implantes dentários são indicados para perda total ou parcial dos dentes em qualquer idade. Em caso de pacientes com doenças cardíacas ou diabetes, é necessário uma avaliação ainda mais rigorosa.

6 – Em quantos dias o paciente volta a ter uma mastigação normal?

Três dias após a cirurgia, o paciente restabelece uma mastigação parcial. É possível ingerir alimentos de consistência mole, como massas e sopas. Depois de quatro meses, o paciente vai estar apto a mastigar qualquer tipo de alimento.

7 – Quanto tempo dura um implante?

Um implante bem feito e bem cuidado pode durar a vida inteira sem a necessidade de substituição. Para verificar a saúde dos implantes, é necessário fazer um acompanhamento rigoroso com o dentista, com visitas periódicas pelo menos a cada seis meses.

8 – Como deve ser feita a higienização dos implantes dentários?

A higiene é semelhante a dos dentes naturais: escovação e uso de fio dental após cada refeição.

9 – Os implantes são melhores que as próteses, conhecidas como dentaduras?

As duas técnicas são soluções importantes para repor dentes perdidos. No entanto, o implante apresenta vantagens em relação à dentadura, como a fixação, a força na mastigação, o conforto e a facilidade de limpeza. É o tratamento que mais se aproxima de dentes naturais.