Obturação caiu: O que fazer?

Obturação: o que é?

O tratamento para eliminar cáries, também conhecido como obturação, é feito pelo dentista em uma clínica odontológica pertinho de você.

O procedimento consiste na remoção da cárie e de todo o seu tecido infectado, após esta parte é feita uma cobertura do dente com substâncias como: resina, amálgama, porcelana ou ouro.

Acesse o post para saber mais!

Obturação de resina, quais são as vantagens do procedimento?

O tratamento com resina composta costuma ser bem-aceito pelo corpo, já que compromete apenas a região afetada por cáries e tem um resultado estético mais natural.

Diferentemente do tratamento com amálgama, que corrompe uma parte saudável do dente, a técnica dispensa o desgaste de áreas sadias da dentição. Assim ajudando a promover maior conforto no tratamento.

Outra vantagem é o seu custo benefício em termos de valores e durabilidade, agende sua avaliação clicando aqui.

Minha obturação caiu. E agora?

As obturações são passageiras, precisam ser trocadas ou reforçadas. Dependendo de vários fatores, incluindo a sua higiene bucal, material utilizado e técnica do dentista. Por isso faça sua avaliação com um dentista especialista em obturação.

Também pode haver a queda da obturação seja por fatores externos como bater o dente ou morder um alimento duro como nozes, sementes e rapadura.

A restauração e a parte externa do dente (esmalte) protegem as partes internas do dente (dentina e a polpa). Elas respondem dolorosamente a diversos estímulos, por isso é tão importante o seu cuidado.

Se uma restauração quebrou, essas partes internas ficam desprotegidas e as bactérias presentes na boca podem penetrar nas outras estruturas do dente.

Por isso, quando uma obturação cai, você deve buscar auxílio de um dentista – mesmo que não sinta dor. Para isso a Dental Arte disponibiliza mais de 25 clínicas odontológicas completas para lhe atender.

E se eu não for no dentista?

  • Bem, sua saúde bucal será prejudicada. Dentre estas complicações, é importante listar:
  • Aparecimento de dores de dente com maior frequência e intensidade;
  • Gengivite (inflamação da gengiva);
  • Exposição a cáries, que podem gerar a necessidade de tratamento de canal;
  • Em casos mais graves, pode ser necessária a extração do dente, o que, além de exigir o uso de próteses, pode afetar a autoestima do paciente.

AGENDE AGORA MESMO A SUA AVALIAÇÃO

Nome
Telefone
Unidade
Tratamento
Data Desejada
Turno Desejado