Qual a diferença entre tártaro e placa bacteriana?

26/11/2018

Você sabe qual a diferença entre tártaro e placa bacteriana?

A concentração de placa bacteriana e o acúmulo de tártaro nos dentes são problemas comuns, que podem resultar em graves consequências para a saúde bucal.

Apesar das duas coisas serem parecidas e causarem praticamente os mesmos problemas, não as confunda. Mas, afinal, qual a diferença entre cada um desses casos?

Placa bacteriana

A placa bacteriana é uma camada que se forma sobre qualquer superfície dura dentro da cavidade bucal. Essa concentração se inicia minutos depois da higienização e continua se organizando e modificando até a escovação seguinte.

Quanto mais tempo sem desorganizar a placa, mas agressiva ela se torna, resultando em cáries, inflamações e perdas dentárias.

Quase todos os problemas bucais têm origem direta ou indireta na placa bacteriana. E todas as pessoas têm, a única diferença está na composição e no tempo de organização dela.

A placa é composta por células descamadas, células de defesas e de bactérias existentes na boca e quando mais velha for, maior é o risco de problemas.

Tártaro

O tártaro, por sua vez, é uma condição decorrente do acúmulo da placa. É o resultado da mineralização, que ocorre com a ação da saliva na placa bacteriana.

Em resumo, quando a placa não é eliminada, ela fica dura e se transforma em tártaro e só o dentista pode eliminá-lo. O tártaro pode resultar em inflamação gengival e perda dentária.

Apesar de serem diferentes, os dois podem ser evitados seguindo aquele conselho de sempre: investir em uma boa higiene bucal, com escovação após as refeições e uso de fio dental diariamente.