Saiba mais sobre a cárie e aprenda a preveni-la!

26/06/2019

Uma das queixas mais constantes nos consultórios é a cárie. Relacionada à desmineralização do dente, ocorre quando tipos específicos de bactérias produzem ácidos que destroem o esmalte e a dentina. É uma das doenças mais comuns no Brasil e acomete, principalmente, quem não cultiva uma boa higiene bucal. Também prejudica quem consome, em excesso, muitos doces ou alimentos ricos em amido.

Leia mais: O que fazer para parar a dor de dente?

Os principais sintomas incluem dor de dente, sensibilidade a alimentos e bebidas doces, quentes ou frios e dor ao mastigar sob a região afetada. Embora a cárie seja mais comum em crianças, adultos também estão sujeitos a ela. Quer saber mais sobre como evitá-la? Leia o conteúdo que preparamos para você!

Cultive hábitos de higiene diários para evitar a cárie

Uma boa higiene bucal previne diversos problemas que podem afetar seus dentes e gengiva. Além disso, é importante evitar em sua dieta alimentos que contenham carboidrato (açúcar e amido, por exemplo). Eles são digeridos pelas bactérias e produzem ácidos que correm a estrutura do dente.

Se não tratada, a cárie pode destruir o dente e atingir o nervo, resultando em infecções. Além disso, esses problemas podem demandar outros procedimentos. Por exemplo, o tratamento de canal, cirurgia ou até mesmo a extração do dente. Conheça os tipos de cárie:

Cárie coronária: é o tipo mais comum. Ocorre tanto em criança como em adultos. A cárie coronária se localiza nas superfícies de mastigação ou entre os dentes.

Cárie radicular: à medida que envelhecemos, a gengiva se retrai, deixando partes da raiz do dente expostas. Como não existe esmalte cobrindo as raízes do dente, estas áreas expostas se deterioram facilmente.

Cárie recorrente: a deterioração pode ocorrer em volta das restaurações e coroas existentes. Isto porque estas áreas tendem a acumular placa, que acabam levando à deterioração.

Caso perceba alterações nos seus dentes, procure o dentista assim que possível. Isso porque, com o tempo, o esmalte do dente começa a fraturar internamente, enquanto a parte externa permanece intacta, até o momento que a superfície do dente desmorona, expondo a cavidade da cárie. Como resultado, isso pode desencadear outros problemas mais graves.

Ir ao dentista é fundamental para evitar e tratar a cárie

Além de escovar os dentes ao menos três vezes ao dia, utilize regularmente o fio dental. Ele é seu aliado a fim de remover a placa bacteriana entre os dentes e sob a gengiva. Utilize produtos de higiene que contenham flúor, incluindo o creme dental e enxaguantes bucais. Portanto, o cuidado preventivo evita que problemas maiores ocorram e, depois disso, se tornem mais difíceis de tratar. Faça avaliações regulares com profissionais qualificados!

Cuidado com a alimentação

O consumo de açúcar é um dos principais vilões da sua dieta. Além do consumo excessivo não ser saudável, pode afetar seus dentes de diversas maneiras. Presente em diversos alimentos, tais como bolachas, refrigerantes, chicletes, sorvetes, etc., é preciso estar atento ao que se consome. Da mesma forma, procure sempre escovar os dentes após as refeições e realizar sua rotina de higiene para evitar ou agravar possíveis problemas.

AGENDE AGORA MESMO A SUA AVALIAÇÃO

Nome
Telefone
Unidade
Tratamento
Data Desejada
Turno Desejado