Viabilidade financeira de uma franquia: como analisar?

14/11/2019

É indispensável analisar a viabilidade financeira de uma franquia odontológica antes de contratar uma marca. Afinal, é preciso levar em consideração fatores econômicos para verificar se o retorno sobre o investimento do estabelecimento será satisfatório. O estudo da viabilidade, além disso, permite que o gestor se planeje adequadamente para a abertura do novo negócio. Portanto, evita riscos decorrentes da atividade.

Tendo em vista a relevância do tema para o sucesso da franquia no mercado, elencamos algumas dicas para que você saiba se a marca escolhida é uma boa opção de investimento. Não deixe de conferir!

Busque dados realistas para analisar a viabilidade financeira de uma franquia

Primeiramente, é indispensável que o gestor busque dados que ilustrem, de maneira concreta, os resultados da marca na qual se pretende investir. A Lei nº 8.955, conhecida como Lei das Franquias, revela que é direito do franqueado obter a Circular de Oferta com balanços e demonstrações financeiras da empresa.

É recomendado, no entanto, que o empreendedor também complete a pesquisa com outras fontes de informação confiáveis. Dessa maneira, poderá projetar o retorno econômico a curto e a longo prazo atribuído pelo negócio.

Verifique o investimento inicial

Após pesquisar sobre os resultados da empresa, é fundamental conferir o valor inicial a ser investido para a abertura do negócio. O dado, que também será obtido na Circular de Oferta de Franquia, deve ser analisado em conjunto. É preciso pesar também as s taxas envolvidas na contratação, como a de royalties e a de propaganda.

Com esses números em mãos, o gestor avaliará se o montante desembolsado condiz com a realidade do seu consultório. Além disso, pode conferir se o valor é compatível com o retorno esperado após a contratação da marca.

Observe os custos colaterais

A abertura de uma franquia vem acompanhada de diversos investimentos diretos e indiretos. Isso porque, além das taxas previstas na circular apresentada pelo franqueador, o negócio precisa desembolsar certa quantia para a instalação e a operacionalização da empresa.

Esses custos adicionais, por outro lado, podem trazer uma série de prejuízos financeiros se não forem calculados e levados em consideração. Portanto, analise-os em conjunto com o investimento inicial.

Calcule despesas com pessoal

Outro fator importante para analisar a viabilidade financeira de franquia é a despesa com pessoal. Isso porque, para a abertura do novo negócio, será necessário dispor de uma equipe capacitada.

Afinal, de nada adiantaria inaugurar um empreendimento rentável se os funcionários não estivessem preparados para o atendimento personalizado. A contratação de bons profissionais e a oferta de treinamentos para a excelência dos serviços, no entanto, demandam recursos que também devem ser calculados com cautela.

Cada vez mais, é possível comprovar a expansão do mercado de franquias. Isso ocorre a partir da progressiva percepção pelo empreendedor de que o negócio constitui excelente opção de investimento. Estima-se que o total de unidades em operação tenha avançado 5% só em 2018, o que representou um crescimento de 7% da receita nominal.

Dentre essas redes, estão as franquias odontológicas. Elas alcançam grande sucesso entre o público investidor. Antes de apostar na marca, entretanto, é importante que o gestor analise a viabilidade financeira de franquia para o adequado planejamento e para o estabelecimento da empresa no mercado.

Gostou das nossas dicas? Que tal saber mais sobre franquias? Acesse a nossa página e saiba como ser um franqueado de sucesso!

AGENDE AGORA MESMO A SUA AVALIAÇÃO

Nome
Telefone
Unidade
Tratamento
Data Desejada
Turno Desejado